Archive for the Diversos Category

Petição Pública | Low-Cost para Cabo Verde

Posted in Diversos, Estudos de Mercado, Internet, Marketing, Tendências, Turismo on 28/01/2010 by Cadeia de Valor

No site Petição Pública decorre um abaixo assinado para mais oferta para o arquipélago de Cabo Verde, a partir de Portugal.

Para o arquipélago operam a TACV, a TAP e existe um voo charter semanal. Fazem o transporte de passageiros de turismo, negócios, como de emigrantes residentes no nosso país.

O Petição Pública trata-se de um site onde se alojam gratuitamente as mais variadas manifestações de interesses e que “pretende constituir um serviço público de qualidade a todos os cidadãos portugueses.”

Ganhou mediatismo com a intervenção do jornalista desportivo Rui Santos. Durante várias semanas promoveu no seu espaço da SIC Notícias, a “Petição Pela Verdade Desportiva”, entregue há dias na Assembleia da República. Recentemente outra proposta chegou à agência Lusa e aos demais meios da comunicação social: a “Petição por Voos Low Cost nos Açores”. Em pouco mais de uma semana, supera as oito mil assinaturas.

As petições são como as cerejas, existem para todos os gostos e são uma boa sondagem das preocupações dos cidadãos. São exemplos, temas como a “Redbull Air Race“, a “Carreira de Enfermagem”, ou a menina russa Alexandra. Existem, contudo, propostas que vencem pela curiosidade e humor:  “Petição Segunda-feira deve fazer parte do fim-de-semana”, “Petição Contra o Regresso dos DZRT” e “Petição Retorno do Gelado Fizz Limão da Olá”.

Acompanhe-nos também pelo Twitter: http://twitter.com/magofe73

Oferecer Bebida por Topless NÃO Funciona…

Posted in Diversos, Estratégia, Marketing on 27/01/2010 by Cadeia de Valor

Um bar britânico fez promoção oferecendo bebidas em troca de topless. Achou que ia se dar bem… mas lixou-se. A iniciativa foi criticada por um ex-chanceler britânico e um boicote pelos estudantes do local.

A informação foi divulgada pelo estação britânica “Channel 4” e foi uma resposta às declarações do ex-chanceler trabalhista Denis MacShane, feitas para uma plateia de estudantes da Universidade de Newcastle. Na ocasião, ele afirmou que o bar Sinners, em Newcastle, promovia a degradação das mulheres com a promoção que incentivava o topless.

De acordo com o “Metro”, MacShane parabenizou os estudantes que recentemente promoveram um boicote ao local, reforçando a importância em espalhar uma “mensagem feminista”.

Nenhuma das publicações que divulgou o caso informou se a promoção que incentivava o topless foi interrompida.

Acompanhe-nos também pelo Twitter: http://twitter.com/magofe73

O Bom Filho a Casa Torna!

Posted in Diversos on 23/01/2010 by Cadeia de Valor

Caros amigos, desculpe pelo abandono para com o blog, espero que não tenham se matado por causa dessa perda inestimável na vida de vocês… LoooL 😀

Mas a minha vida como finalista do curso,  estágio, trabalho… Já devem calcular não é mesmo?

Espero que gostem das novidades e acompanhem o CADEIA DE VALOR!

Abraços.

Playboy Agosto 2009 | Débora Montenegro e Ricardo Guedes???

Posted in Diversos, Revistas on 02/08/2009 by Cadeia de Valor

Contra todas as regras e tradições a edição nº 5 da Playboy portuguesa decidiu inovar e apresenta um projecto fotográfico com um casal de namorados.

Considerada uma das produções mais caras de sempre da revista internacional, a revista abriu os cordões à bolsa para convencer os modelos e namorados Débora Montenegro e Ricardo Guedes.

A capa é da Débora mas, nas páginas interiores da revista, Ricardo Guedes também acompanha a namorada na produção fotográfica.

Juro que começo a encontrar somente um vocábulo pra esse tipo de situação: RIDÍCULO!!! Acho que sinceramente Portugal não tem uma Playboy como deve ser, infelizmente… A FHM e MAXMEN fazem melhor papel no conceito de revistas masculinas!!!

Acompanhe-nos também pelo Twitter: http://twitter.com/cadeiadevalor

Morte | O Mais Poderoso Marketing Já Visto???

Posted in Diversos, Marketing on 17/07/2009 by Cadeia de Valor

ATENÇÃO: Este é um tema delicado. Se você se sente desagradável com o assunto morte. Por favor, não leia.

No dia 25 de Junho, as lojas de CDS da Amazon, Barnes&Nobles, HMV e também iTunes registaram uma fenómeno na lista dos “mais vendidos”. Michael Jackson entrara, de uma hora pra outra para a lista dos mais vendidos. CDS esgotaram em questão de minutos em todas as lojas, inclusive do clássico dos Jackson 5. Michael Jackson que nunca havia marcado presença no TOP 100 do iTunes, em menos de um dia alcançou o Nº1 e o Nº2.

Semana retrasada, os discos de Michael Jackson ocupavam 13 posições das 15 entre os mais vendidos da Amazon. Uma semana antes, no Reino Unido, o TOP 40 não registrava nenhum disco de MJ, assim como em todos os outros meses de 2009 até então. Na semana seguinte, o TOP 10 trouxe “Thriller” e “Number Ones”. Na semana posterior (15 dias após sua morte) , 5 dos 10 discos mais vendidos de toda Inglaterra, Escócia e País de Gales eram de Michael Jackson. Como explicar essa explosão de vendas? Se não fosse pelo 25 de junho, eu chamaria isso de milagre. Mas o fato é que sua morte foi a única responsável.

“Nós vimos algo similar quando Luciano Pavarotti e Frank Sinatra faleceram”, disse Mary Davis, porta-voz da Borders (uma espécie de Saraiva norte-americana) à Associated Press. “As pessoas parecem ficar chocadas com a notícia e querem sair pra redescobrir suas músicas”, completa Mary.

A morte imortaliza indivíduos (e marcas, quem não se lembra do Vitinho?) que possuem uma legião grande de fãs e simpatizantes. Todo mundo quer ver o último trabalho, o último sorriso, os últimos momentos de uma pessoa que admirava. Como se fosse pra dar o nosso último adeus. Qual a sensação de ir ao último show de um artista que gostamos?, ouvir a última música composta? assistir a última cena filmada? Talvez, não tenhamos dado atenção durante anos, mas o último é especial, o último é o que ficará na memória. Talvez, comprar discos após a morte do artista seja o jeito com que o ser humano demonstre compaixão, presta a última homenagem. O último é o mais importante de todos porque é o fim, evoca um alto nível de envolvimento emocional muito difícil de conseguir. Assim como a própria natureza da morte, ela influencia mesmo o comportamento do consumidor…

Acompanhe-nos também pelo Twitter: http://twitter.com/cadeiadevalor

Twitter Não é Coisa de Adolescente

Posted in Diversos, Inovação e Tecnologia, Marketing on 14/07/2009 by Cadeia de Valor

Um estudo recém divulgado sobre os hábitos de media dos adolescentes ingleses causou um furor imenso no país. A razão: ele foi feito por um adolescente de 15 anos, chamado Matthew Robson.

O trabalho, realizado para o banco de investimento Morgan Stanley, conquistou espaço em jornais de peso do mundo todo e um espaço na capa do Financial Times, um dos mais respeitados sobre negócios e economia. Segundo Edward Hill-Wood, director executivo de media do banco na Europa, o estudo de Robson foi um dos mais claros e interessantes já realizados.

Além da idade do autor, outro ponto fez o estudo se destacar. Diversos fundos estavam estudando possibilidades de adquirir ou intensificar investimentos em redes sociais como o Twitter e o Facebook e, na pesquisa, foi detectado que, apesar dos adolescentes estarem usando cada vez mais as medias sociais, eles não pagariam por isso. Portanto, segundo uma matéria sobre o estudo publicada no The Guardian, do ponto de vista financeiro, esses serviços seriam praticamente inviáveis.

Ainda sobre o Twitter, ele detectou que grande parte dos adolescentes aderiram ao serviço, mas logo saíram. Primeiro, postar via telemóvel tem custo, e eles preferem usar seu saldo para enviar mensagens de SMS aos amigos. Além disso, perceberam que seus perfis eram muito pouco vistos, o que os encorajou a desistir.

Apesar de um pouco superficial, o estudo tem pontos muito interessantes sobre as mais diversas medias. Lembrando que, apesar de ligada à realidade britânica, podemos tirar alguns pontos conclusivos em relação ao comportamento do português.

Para ler o relatório na integra, é só clicar aqui. Penso que vale a pena.

Continente Entra Nas Telecomunicações Móveis

Posted in Branding, Diversos, Estratégia, Inovação e Tecnologia, Marketing on 14/07/2009 by Cadeia de Valor

Continente Mobile é a nova proposta comercial da insígnia da Sonae. Um projecto que tem a parceria da Optimus e é comunicado pela Euro RSCG.

O Continente em parceria com a Optimus começou a comercializar uma nova proposta no domínio das telecomunicações móveis. Trata-se do Continente Mobile um produto que oferece 25% de desconto em cartão em cartão Continente sobre o valor todas as chamadas feitas em território nacional através da Optimus. A proposta apresentada pela marca de hipermercados consiste em creditar nos cartões Continente ou Modelo o valor que foi gasto em telecomunicações.

O Mobile, cujo lançamento envolveu um investimento na ordem dos quatro milhões de euros, permite também que os clientes possam reunir todas as contas de telemóvel da família num único cartão Continente ou Modelo. Com um tarifário pré-pago, o Continente Mobile está disponível nos hiper e supermercados do grupo Sonae, e online.

Reforçar a sua estratégia de estar junto dos portugueses em todos os momentos das suas vidas é o objectivo da marca com mais este projecto, um projecto que está a ser apresentado ao mercado através de uma campanha criada pela Euro RSCG.

Multimeios, a campanha dá continuidade à linha de comunicação da marca agora com o lema «Eu conto com o Continente para me ajudar a poupar também nas telecomunicações».